Microbiologia do
Solo

A Microbiologia do solo é o ramo da ciência que trata do estudo dos micro-organismos que vivem neste ambiente, suas atividades e como eles afetam as propriedades do solo, tanto em ambientes naturais ou agrícolas. Os principais micro-organismos do solo são representados pelas bactérias, fungos,  arquéias,  algas, protozoários e microfauna. Compõem este sistema também os vírus, parasitas intracelulares obrigatórios, que desempenham funções importantes no controle das populações no solo. Os micro-organismos representam uma fração muito pequena da massa do solo e ocupam um volume de menos de 1% de seu total.

Leia Mais

No entanto, nesta pequena fração reside uma enorme biodiversidade, encontrada principalmente na camada mais superficial do solo (10-30 cm de profundidade). Esta biodiversidade é responsável por atividades importantes no solo, incluindo atividades metabólicas, fluxo de energia, ciclagem e transporte de nutrientes, controle de patógenos, decomposição de xenobióticos, etc.

Recentes avanços em procedimentos de extração de biomoléculas, sequenciamento de DNA por métodos nova geração (Next Generation Sequencing – NGS), metagenômica, metatranscriptômica e todas as outras “ômicas” têm revolucionado a Microbiologia e permitido estudar com mais detalhes aspectos envolvidos com a estrutura, composição e função das comunidades microbianas no solo.  Esse conhecimento é fundamental para compreender a resiliência deste sistema frente aos impactos de origem natural e as alterações provocadas pelas mudanças globais e atividades antropogênicas.

Coordenadores

Leia mais

No entanto, nesta pequena fração reside uma enorme biodiversidade, encontrada principalmente na camada mais superficial do solo (10-30 cm de profundidade). Esta biodiversidade é responsável por atividades importantes no solo, incluindo atividades metabólicas, fluxo de energia, ciclagem e transporte de nutrientes, controle de patógenos, decomposição de xenobióticos, etc.

Recentes avanços em procedimentos de extração de biomoléculas, sequenciamento de DNA por métodos nova geração (Next Generation Sequencing – NGS), metagenômica, metatranscriptômica e todas as outras “ômicas” têm revolucionado a Microbiologia e permitido estudar com mais detalhes aspectos envolvidos com a estrutura, composição e função das comunidades microbianas no solo.  Esse conhecimento é fundamental para compreender a resiliência deste sistema frente aos impactos de origem natural e as alterações provocadas pelas mudanças globais e atividades antropogênicas.

Notícias

Destaques

Últimas